Quarta, 16 Junho 2021

Telefone: 63 3214-1853 | Whatsapp: 63 98403-8418 | E-mail: [email protected]

Polícia

Suspeitos de executarem um empresário em Paraíso do Tocantins são presos pela Polícia Civil

Publicado em: Segunda, 17 Mai 2021 10:50 Escrito por Patrícia de Paiva
Avalie este item
(0 votos)
Suspeitos de executarem um empresário em Paraíso do Tocantins são presos pela Polícia Civil Créditos da imagem: Divulgação /Polícia Civil do Tocantins

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por meio da 6ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Deic - Paraíso do Tocantins) com o apoio da Polícia Civil e Militar do Pará, e do  Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) de Governador Valadares e Zona da Mata, efetuou a prisão preventiva de dois homens na manhã desta segunda-feira, 17. As prisões são resultados da Operação Gipsy Kings, deflagrada no Pará e Minas Gerais, para cumprimento de três mandados de prisões preventivas e de busca e apreensão aos suspeitos de tentar executar uma família de ciganos em Paraíso do Tocantins. 

 

De acordo com o delegado-chefe da 6ª Deic, Hismael Athos, entre os dois homens presos um seria o suposto mandante e o intermediário do crime e é apontado como chefe da organização criminosa especialista em “pistolagem” no país. Eles foram capturados nas cidades de Ervália (MG) e Aimorés (MG) e presos em flagrante delito pelo crime de posse de arma de fogo.

 

O delegado informou que no andamento das investigações, que foram realizadas em parceria com o Gaeco, foi identificado que o intermediário do crime preso em Aimorés é suspeito de ser o líder de um grupo criminoso especializado em praticar homicídios a mando. Esse grupo teria uma tabela de ordens e valores que especificam a quantia para cada tipo de crime. 

 

As diligências estão sendo empreendidas para que o terceiro suspeito, outro pistoleiro que deu suporte à fuga do principal executor do crime, seja preso em Altamira (PA). A Polícia compareceu à casa do indivíduo, mas ele não chegou a ser localizado, no local foram encontradas armas de fogo e diversas munições e o veículo usado no dia do crime também foi apreendido. 

 

O Crime

 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Hismael Athos, no dia 8 de fevereiro deste ano, dois homens chegaram a uma residência e efetuaram disparos de arma de fogo contra uma família de ciganos em Paraíso do Tocantins. Um homem, que seria o pai da família, veio a óbito pelos ferimentos causados por arma de fogo. Os dois enteados que tentaram prestar socorro à vítima também foram vítimas da tentativa de homicídio. Um foi alvejado e está internado em estado grave e o outro conseguiu se desviar dos disparos. As investigações apontaram que a vítima teria mantido um relacionamento amoroso com a esposa do mandante do crime, o que motivou os fatos. 

 

Compartilhar nas redes sociais

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

AL Salve Vidas 300X250

Notícias em destaque

O Portal Agora-TO é um site de notícias voltado para a divulgação de informações do Tocantins e do Brasil e é editado sob a responsabilidade da Moara Comunicação Ltda, empresa sucessora da Dias e Vallim Ltda., com 21 anos de experiência na área de comunicação e jornalismo.

Newsletter

Cadastre-se em nosso Newsletter e receba em seu e-mail as principais notícias e novidades do Agora Tocantins.

Fique tranquilo, seu e-mail estará 100% protegido. Odiamos spam!